Tecnologia do Blogger.
REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS – RONALDO DÉBER- (085) 8721 2442

1 de jun de 2017

Série c - Sob o comando de Maurílio Silva ASA esta quase no ponto para enfrentar o Leão no PV

Maurílio disse que trabalho desta semana foi enfatizado no aspecto emocional (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
(Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Segundo a opinião dos torcedores do “fantasma” o ASA ainda não conseguiu empolgar o torcedor nesta Série C do Campeonato Brasileiro. Apesar da vitória sobre o Remo, na segunda rodada, as derrotas para CSA, na estreia, e Sampaio Corrêa, dentro de casa, no último jogo, deixaram os alvinegros em alerta. A cobrança sobre o elenco aumentou e, diante das exigências, a diretoria decidiu trabalhar nos últimos dias com os portões fechados.
Nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o técnico Maurílio Silva, velho conhecido do futebol cearense onde atuou como jogador e técnico e vários clubes do estado, falou sobre a semana de atividades para a partida contra o Fortaleza, sábado, às 20h30, no Estádio Presidente Vargas, e destacou que o lado emocional foi o aspecto mais trabalhado com os jogadores.
- Nós fizemos um trabalho aqui, uma pena que muita chuva, o campo muito pesado, mas o trabalho que fizemos foi mais de recuperação a nível emocional, mostrando aos atletas que a competição não para hoje e temos que buscar forças para reverter situações. Então o que foi feito já foi um bom trabalho, teremos mais um treinamento amanhã e na sexta-feira, em Fortaleza, faremos apenas um ajeitadinho, para que a gente tenha uma equipe bem posicionada, bola parada, para que não erre.
Para o comandante técnico, a reabilitação na competição nacional pode chegar se o grupo tiver um pouco mais de dedicação. Ele disse o que espera agora dos jogadores.
- Então temos que ter mais atenção, se dedicar mais, criar um espírito de mais pegada, mais confiança, mais agressividade ao adversário; porque pelo que vimos na nossa equipe, nós treinamos de uma forma e nos apresentamos de outra. Não se se foi o campo, a atenção de jogo, o lado emocional dos atletas, mas temos que trabalhar essa semana que antecede a partida do Fortaleza para ter uma equipe mais consistente, uma pegada mais forte para que não erre tanto - assegurou.
Maurílio Silva sinalizou também que vai mexer na equipe. A única certeza até agora é que ele não vai poder contar com o zagueiro André Lima, expulso na derrota para o Sampaio. Porém, outras alterações devem ser processadas.
- Temos que ter atitude! Se não está dando certo, temos que ter atitude. O trabalho está sendo feito, fizemos alguns treinamentos aqui com mudanças e vamos fazer outro trabalho aqui na quinta-feira e mais um na sexta, em Fortaleza e, se Deus quiser, vamos ter uma equipe mais ofensiva, com consistência forte de marcação, sendo que os laterais possam marcar e apoiar, mas alguma modificação vai ter na equipe sim - afirmou.
O treinador do Fantasma garante que já estudou o próximo adversário, disse que não será fácil bater o Fortaleza, mas demonstrou confiança num resultado positivo.

- O que eu tenho observado é que eles [Fortaleza] jogaram os três jogos da mesma forma, sendo que o último de uma forma mais ofensiva, jogando no campo do adversário. Nós vamos montar a nossa equipe em cima do que sabemos deles. Nós temos que ter muita atenção, um time que vai vir praticamente num 4-2-3-1, uma saída muito rápida pelos extremos, e temos consciência que é um time fortíssimo, difícil de ser batido, mas nada que é impossível - concluiu.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

  ©deberlima.blogspot.com - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Samuel Pinheiro | Topo