Tecnologia do Blogger.

Rádio

REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS – RONALDO DÉBER- (085) 98721 2442

22 de mai de 2018

Série B cearense - Técnico do Icasa entrega o cargo


O técnico do Icasa Erik Martins, surpreendeu ao afirmar que está deixando o clube. Mais surpreendente ainda foi a justificativa do treinador. Em entrevista a Rádio Vale FM, Erik Martins disse que estava entregando o cargo por não sentir que o time estava rendendo o suficiente e abriria espaço para que outro profissional pudesse chegar para melhorar a produção a equipe. A declaração chama atenção, pois a cada coletiva, após os jogos do Icasa, Erik Martins rasgava elogios ao desempenho do time. Muitas vezes, mesmo com o Icasa perdendo, ele dizia que o resultado era injusto pela produção dos jogadores. Fica a pergunta: como um treinador que só via evolução do time que treinava, de repente toma a conclusão de que esse mesmo time não estava rendendo?

Nos bastidores, o que se fala é que a relação do técnico com o empresário Marcos Aurélio, conhecido com Jacozinho, não era boa. Apesar de não falar sobre o assunto, o atraso salarial e as condições de alojamento dos jogadores, podem ter sido determinante para esse desgaste.

Para o jogo da próxima quarta-feira(23) pela série B do cearense, o empresário Marcos Aurélio deverá ser o técnico.

Continue lendo >>

Ceará - Presidente Robson de Castro fala sobre mudanças no alvinegro


Após seis rodadas e ainda sem vencer na Série A,  é  motivo de fortes  cobranças da torcida alvinegra .Para inicio das tão solicitadas mudanças,  o comando técnico caiu. Sai Marcelo Chamusca entra  Jorginho, novo técnico. Além disso, a galera também cobra reforços.
O presidente do Ceará, Robinson de Castro, admitiu a "luta", segundo ele, por um lateral-esquerdo, dois volantes, um meia e um atacante pelo lado. A coletiva foi nesta segunda-feira (21), em Porangabuçu.

- Eu prefiro buscar os jogadores que venham para ajudar. Nós estamos tentando trazer esses jogadores. Estamos lutando para isso. Muito, não é pouco. Agora, questionar que eu não quero gastar, não... Reformamos a academia, os aparelhos estão todos novos, a área médica, cozinha, sala de imprensa sendo refeita - afirma.

Robinson, no entanto, detalhou a dificuldade para isso. O Ceará pode trazer nomes de fora do País, e a janela só abre em 6 de junho. Segundo ele, o Ceará não teve renda com bilheteria de jogos. Além disso, neste mês de maio de 2018, o clube afirma ter cerca de 20 mil sócios-torcedores. No entanto, segundo o presidente do Ceará, foram apenas cerca de quatro mil adimplentes em 2017. O que gerou a necessidade, segundo ele, de empréstimos pelo clube.

- Outra coisa, não revelei, mas vou revelar agora. Ano passado, nós passamos o ano inteiro sem bilheteria e sócio-torcedor lá embaixo, três mil, quatro mil sócios. As pessoas falam: 'Ah, mas está cheio de dinheiro agora'. Sim, mas e os compromissos lá atrás? Temos contas em dia e transparência. São declarações de oportunismo barato - declarou.

Robinson de Castro frisou ainda que a chegada de Jorginho pode ser uma oportunidade de fazer render jogadores que nem vinham sendo utilizados. E de dar uma nova cara ao time, que hoje está na vice-lanterna da Série A, com três pontos, no Z-4. O próximo jogo da elite será contra o Grêmio em casa, às 19 horas, e o comando já será de Jorginho.


- O Jorginho conhece o elenco. Não está do jeito que a gente quer (o elenco), mas há condições de melhorar. Há situações que a gente acha que tem de mudar. Sem dúvida nenhuma, o grupo pode render muito mais. E não pecar em detalhes, sem erros individuais, finalizações, bola na nossa área, erros de marcação. Acho que a gente tem de amadurecer. Confiança para voltar a jogar. Está tendo uma pressão externa do torcedor, é uma pressão justa. Mas a gente não pode deixar que a coisa desande e o desespero bata – finalizou o presidente do Vozão.

Continue lendo >>

Série D - Guaraju esta eliminado


Parecia que seria diferente, mas não foi. O Guarani de Juazeiro perdeu mais uma pela série D do brasileiro e está eliminado da competição, com uma rodada de antecedência.

Lopeu foi o nome do jogo. Foram dele os três gols da vitória sobre o Guarani de Juazeiro, dentro do Estádio Romeirão, no interior cearense. Com o resultado, o time potiguar está classificado para a 2ª fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o Guaraju está fora da disputa, cumprindo só tabela na última rodada do Grupo A6. Os donos da casa ainda chegaram a virar a partida, mas tomaram o revés no último minuto da partida e perderam: 3 a 2.

O América de Natal desanimou o torcedor rubro-negro, logo aos 8 minutos, quando Lopeu marcou 1 a 0, para o time potiguar. Durante toda a primeira etapa o placar permaneceu inalterado. Mas, no segundo tempo as coisas pareciam ser diferente. O Guarani foi para cima do América e conseguiu a virada.
Aos 11 minutos o meia Ila, em cobrança de falta, e aos 21 com o lateral Jackson, o Leão do Mercado ficou à frente do placar e deu esperanças aos torcedores leoninos. Só que Lopeu estava em noite inspirada e foi dele os outros dois gols que garantiram a vitória do América, em pleno estádio Romeirão. Aos 33 e 46 minutos, Lopeu colocou um fim nas pretensões do Guarani de tentar uma classificação.
Ao fim da partida alguns jogadores deixaram o campo sem falar, mas também teve jogador dando entrevista e reclamando da estrutura dada pela diretoria, inclusive da alimentação dos atletas.

Com 11 pontos, o América-RN é o líder do Grupo A6 da Série D e já está classificado. O Guarani de Juazeiro permanece com apenas dois pontos e está eliminado da competição. Na última rodada da fase classificatória, no próximo dia 27 de maio, contra o Belo Jardim, apenas para cumprir tabela. As duas equipes estão eliminadas da série D.só cumpre tabela.


O próximo jogo do Alvirrubro acontecerá no domingo (27), às 18h, contra o Imperatriz-MA, no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim.

Ficha Técnica
Guarani-CE 2x3 América
Local: Estádio Romeirão, Juazeiro do Norte/CE
Data: 21 de maio de 2018, às 21h15
Cartões amarelos: Waldson (Guarani); Jonathas, Rodney, André Santos (América)
Árbitro: José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (CBF-AL)
Assistentes: Cláudio Camilo da Silva (CBF-AL) e Maria de Fátima Mendonça da Trindade (CBF-AL)
Gols: Lopeu (8'/1ºT, 32 e 49'/2ºT), Ila (11'/2ºT), Jackson (22'/2ºT)
AMÉRICA: Fred; Hudson, André Santos, Gullithi e Danilo; Jonathas, Rodney (Sapé) e Wandinho (Luiz Fernando); Adriano Pardal, Lucas Silva (Murici) e Lopeu. 
Técnico: Ney da Matta

GUARANI: André; Fabinho, Waldson, Ivson e Jackson; Samuel (Diego Recife), Pink, Da Silva (Gabrielzinho) e Dunga (Geovane); Ila e Balotelli 
Técnico: Raimundo Vagner




Continue lendo >>

20 de mai de 2018

SÉRIE A - Ceará é derrotado pelo Vitória no Barradão : Confira os melhores momentos


O Ceará segue sem vencer na Série A do Brasileiro. Na manhã deste domingo, 20, em Salvador, o Vovô acumulou mais uma derrota, dessa vez para o Vitória, por 2 a 1. O Alvinegro foi até melhor que o rubro-negro baiano, especialmente no segundo tempo, mas cometeu as mesmas falhas de partidas anteriores e aproveitou mal as chances que teve de marcar.
O Leão saiu na frente, com gol de Wallyson, aos 20 minutos da etapa inicial. O Ceará correu atrás e alcançou o empate aos 29 do segundo tempo com Wescley, mas dez minutos depois o goleiro Everson fez pênalti em Lucas Fernandes, cobrado e convertido por Neilton.
"Mais uma rodada que a gente deixa de pontuar e isso complica pro restante do campeonato", lamentou o atacante Hyuri, que entrou na etapa complementar.
"Era um jogo de seis pontos, tínhamos a possibilidade de fazer três  pontos e abrir três do Vitória, que é um concorrente direto. Fizemos um bom jogo fora de casa, mas mais uma vez em pequenos erros tomamos dois gols e não soubemos aproveitar quando tivemos oportunidades", analisou o atacante Felipe Azevedo.
O revés deixa o Ceará estacionado na vice-lanterna com três pontos e só não caiu para a última colocação do certame por conta do empate entre Paraná (atual 20º colocado) e Grêmio, também neste domingo, 20.
O Jogo
Desde o começo da partida, a proposta do Vitória foi jogar no contra-ataque. O Vovô tinha mais posse de bola e a missão de propor o jogo. Durante todo o primeiro tempo, esbarrou numa defesa organizada dos baianos, que fez com que em 45 minutos as duas finalizações corretas do Alvinegro fossem oriundas de chutes de longa distância.
O Leão também roubava muito a bola e numa dessas Neilton viu Wallyson passando pela esquerda e mandou uma bola rasteira, em velocidade, nas costas de Samuel Xavier. Na saída de Everson, o jogador do Vitória bateu no canto esquerdo e fez o primeiro.
O primeiro tempo foi bem morno, com poucas chances reais de gol. O Ceará pecava na criação e no penúltimo passe, enquanto o rubro-negro baiano aguardava o Vovô.
Na segunda etapa, Marcelo Chamusca resolveu aumentar a pressão do Ceará sacando Richardson e Éder Luís para colocar no lugar deles Hyuri e Felipe Azevedo. A entrada de dois atacantes pelas pontas deu liberdade para Wescley, que se movimentou muito do meio para a direita e foi peça importante do Ceará.
Foi ele quem fez o gol de empate, pegando uma sobra de bola na meia lua, após cobrança de falta de Juninho, que a zaga tirou. Com a perna esquerda ele bateu de primeira e acertou as redes. O gol veio no melhor momento do Ceará, que não deixava o Vitória passar do meio campo.
A defesa alvinegra, no entanto, deu outro cochilo. Aos 38, Lucas Fernandes recebeu passe na grande área que tirou toda a defesa cearense do lance. Everson saiu para dividir com o jogador, mas acabou cometendo pênalti. Na virada dos 39 para os 40, Neilton cobrou e fez o segundo do Leão.
O Ceará ainda podia ter empatado o jogo com Elton, no minuto final. Ele recebeu passe de Hyuri e de frente para a meta finalizou por cima.
Foi a terceira derrota do Ceará em seis jogos. De 18 pontos disputados até aqui no Brasileirão, o Alvinegro conquistou apenas três.
As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Ceará recebe o Grêmio no Castelão, em Fortaleza (CE), e o Vitória visita no Botafogo no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).



FICHA TÉCNICA
Vitória-BA  2      x    1       Ceará-CE            
6ª rodada
Data: 20/05/2018
Horário: 11h00
Local: Barradão - Salvador (BA)
Árbitro
Marcelo de Lima Henrique - RJ
Assistentes
Michael Correia e Silbert Faria Sisquim – RJ
Renda : R$ 101.984,00.
Público : 8.371 pagantes (8.904 total).
Cartões Amarelos
Vitória-BA: Kanu, André Lima
Gols
Vitória-BA: Wallyson 20' 1T, Neilton 39' 2T
Ceará-CE: Wescley 30' 2T
Vitória-BA
Elias; Lucas (Guilherme Costa), Kanu, Walisson Maia e Jeferson; José Welison, Willian Farias, Rhayner (Rodrigo Andrade) e Wallyson; Neilton e André Lima (Lucas Fernandes).
Técnico: Vagner Mancini
Ceará-CE
Éverson; Samuel Xavier (Pio), Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Juninho, Richardson (Hyuri), Ricardinho e Wescley; Eder Luis (Felipe Azevedo) e Elton.
Técnico: Marcelo Chamusca

Continue lendo >>

SÉRIE D - Ferrão a um passo da classificação para o “mata –mata”: Veja o gol do Tubarão


Em jogo quente com expulsões de ambos os lados, o Ferroviário venceu o 4 de Julho fora de casa por 1 a 0 e se manteve na liderança do Grupo A4 da Série do Campeonato Brasileiro. Com o resultado o time comandado por Maurílio Silva chegou aos nove pontos e ficou isolado na ponta da tabela. Ainda assim, o Peixe precisa pelo menos empatar contra o Cordino-MA, atual segundo colocado com oito pontos, na sexta e última rodada desta fase, para confirmar vaga na próxima etapa da competição.
Para classificação antecipada, já nesta quinta rodada, o time da Barra torcia por uma série de resultados de outros grupos, que não se concretizaram. Já o 4 de Julho, com cinco pontos e em terceiro na chave, precisa vencer e secar os demais segundos lugares de cada grupo. Pelo regulamento do torneio, além dos líderes dos 17 grupos, os 15 melhores vice-líderes também avançam à segunda fase.
O JOGO
Ferroviário precisando vencer para se manter na ponta da tabela de classificação, já iniciou pressionando e se mantendo na área de ataque. Aos cinco minutos, o Tubarão da Barra teve a primeira chance, com Esquerdinha, que chutou forte para boa defesa de Tom. Aos nove, foi a vez de Edson Cariús desperdiçar boa oportunidade de inaugurar o marcador.
Depois dos primeiros minutos de pressão Coral, o time Colorado conseguiu se organizar em campo e o jogo ficou mais equilibrado. Ainda assim, Esquerdinha e Cariús eram os mais criativos em campo e estiveram, ainda na primeira etapa, muitas chances desperdiçadas de abrir o placar. Aos 43 minutos, Paulinho Mossoró marcou para o time da casa, mas o juiz marcou falta de ataque, antes da finalização, e deixou o marcador no 0 a 0.
Na segunda etapa, Cariús continuou sendo o principal homem do Peixe. Com um a mais em campo, depois de expulsão de Diguinho - por falta forte em cima de Leanderson - Ferrão continuava buscando o gol, mas sem sucesso. Depois de bate boca na área do Colorado, Juninho Quixadá foi expulso e o Tubarão da Barra perdeu a vantagem no número de atletas em campo, aos 39 minutos do segundo tempo.
Tendo entrado nos últimos 20 minutos, foi dos pés de Valdeci que veio o gol da partida. O jogador aproveitou a falha da defesa do 4 de Julho, deixou o goleiro caído e marcou sozinho, sacramentando a vitória do Ferrão.
Agora, o Tubarão volta a campo no próximo domingo, 27, contra o Cordino, no Estádio Presidente Vargas, às 18 horas.



FICHA TÉCNICA
4 de julho 0 x 1 Ferroviário
Data: 20/05/2018
Campeonato brasileiro da Série D 2018
Local: Arena Ytacoatiara - Piripiri-PI
Árbitro: Ricardo Gustavo Gonçalves Batista
Auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Carlos Vidal Pereira de Oliveira
Gol: Valdeci  40/2T
Cartões amarelos: 4 de Julho: Diguinho (20' 1T); Ferroviário: Robson Simplício (35' 1T), Luís Fernando (45' 1T)
Cartões vermelhos: 4 de Julho: Cleitinho (8' 2T); Ferroviário: Juninho Quixadá (36’ 2T)
4 de Julho
Tom, Wilsinho, Índio, Gilmar Bahia e Diguinho; Edinaldo, Dudu (Fabiano), Paulinho Mossoró (Fabinho), Cleitinho e Ted Love; Raphael Freitas (Alberto)
Técnico: Jorge Pinheiro
Ferroviário
Léo, Lucas Mendes, Luís Fernando, André Lima, Mazinho, Sávio, Robson Simplício (Juninho Quixadá), Leanderson, Edson Cariús, Esquerdinha (Gleidson), Luís Soares (Valdeci).
Técnico: Maurílio Silva


Continue lendo >>

Goleiro revelado no Guaraju assina com grande clube pernambucano



Revelado no Guarani de Juazeiro, o goleiro Guilherme assinou contrato com um grande do Nordeste. O goleiro vai ficar no Santa Cruz de Recife até 2020.
Atualmente com 18 anos e 1,97m de altura, Guilherme iniciou na base do Guarani de Juazeiro, mas também teve rápida passagem pela base do Icasa. No Leão do Mercado o garoto foi se destacando e começou a treinar entre os profissionais. Esteve no grupo campeão da Taça Fares Lopes em 2016, foi campeão da Copa Mauriti em 2017, chegando a atuar em alguns jogos e também esteve com o time em competições nacionais como Série D do brasileiro e Copa do Brasil.
O jovem goleiro chegou a despertar o interesse de vários clubes, mas depois que terminou o contrato com o Guarani, o jogador preferiu ir para o Santa Cruz. Foi no Arruda que Guilherme fez bons treinamentos e logo na chegada, foi campeão de uma competição sub-23 disputada no município de Itambé, interior pernambucano.
Em conversa com a reportagem, Guilherme demonstrou contentamento com o novo clube: “estou muito feliz aqui. É um time grande. Espero evoluir e poder fazer história com a camisa do Santinha”, disse.

Continue lendo >>

CEARENSE SÉRIE B 2018 - Barbalha estraga festa de reabertura de estádio em Pacajus


Na reabertura do estádio João Ronaldo, em Pacajus, foi o Barbalha quem fez a festa. A Raposa Caririense enfrentou o Pacajus e venceu por 3 a 0. Sadrak, Cléber e Ronda marcaram para o Barbalha. O jogo também marcou a estreia do goleiro Rafael que entrou no lugar do Vítor Lagoa que saiu machucado. Quando foi acionado, Rafael fez ótimas defesas, evitando que o Tricolor dos Verdes Canaviais sofresse gol.
O resultado foi bastante comemorado pelo técnico Washington Luiz. “Pegamos uma boa equipe. Mas, conseguimos ter eficiência, marcamos os gols e tivemos tranquilidade. Até sofremos uma pressão do Pacajus, algo normal, mas soubemos segurar a pressão e saímos agora com a vitória”, disse o treinador.
O Barbalha se mantém na liderança do hexagonal da série B do cearense, com seis pontos, em dois jogos. Já o Pacajus pode cair para a lanterna. O time tem apenas 1 ponto e terá que esperar o fim da rodada para saber em qual posição ficará. A próxima partida da Raposa Caririense será na quarta-feira(23), contra o Guarany, no estádio do Junco, em Sobral. O Pacajus joga também na quarta, mas contra o União, em Brejo Santo.

Continue lendo >>

CEARENSE SÉRIE B 2018 - Apesar da ameaça de “greve” Icasa entra em campo e garante empate em Brejo Santo


Depois da ameaça de não entrarem em campo devido aos salários atrasados, os jogadores do Icasa foram até Brejo Santo para enfrentarem o União, pela série B do cearense. O Verdão do Cariri conseguiu ter bom desempenho e apesar de ter criado várias oportunidades, o jogo terminou empatado em 0 a 0.
Em duas partidas longe de Juazeiro do Norte, o Icasa conseguiu dois empates e agora vai para uma sequência de dois jogos dentro do estádio Romeirão. Já o União lamentou mais o empate e se ver sem situação que não imaginava, pelo o investimento feito pela diretoria. Vale lembrar que o União vem de derrota para o Guarany de Sobral na primeira rodada do hexagonal da série B do cearense.
O Icasa agora é o quarto colocado com dois pontos e o União de Brejo Santo é o quinto com um ponto.
O próximo jogo do Icasa será na próxima quarta-feira(23), contra o Caucaia, e o União enfrentará o Pacajus, também na quarta.

Continue lendo >>

CEARENSE SÉRIE B 2018 - Caucaia goleia Guarany (S)- Confira os gols


O JOGO
Caucaia começou melhor a partida, nos 25 minutos iniciais, jogando pelos dois lados e buscando o gol, sem se descuidar da marcação, e se impondo, contra um Guarany nitidamente jogando no erro tricolor e explorando Patuta pela direita.
Depois de marcar o primeiro  gol ,  quando  após ótimo  cruzamento da direita, pegou Canga bem posicionado no meio da área, e o atacante não titubeou  mandou de primeira, vencendo o goleiro David, abrindo a contagem para a “Raposa” no Raimundão.
A frente no placar o Caucaia seguiu jogando pra frente, boa jogada do ataque entre Carlos Alberto, Paulinho para Canga, e a zaga bugrina interceptou com o braço, e o arbitro marcou corretamente o penal. Na cobrança, Carlos Alberto executou: 2 a 0
Porem  a defesa tricolor falhou e o Guarany fez seu primeiro gol. Zé Augusto fez ótima jogada pela direita e cruzou para Danrley apareceu no meio da defesa tricolor e tocou para as redes, gol do Guarany. E nos minutos finais o bugre se animou e foi para cima, armando um sufoco para o Caucaia, que recuou demais, e atraiu de vez o adversário, a Raposa ainda criou uma chance, mas terminou assim o primeiro tempo no Raimundão, 2 a 1.
2º TEMPO
O Caucaia foi melhor em quase todo o segundo tempo, marcou mais dois gols, poderia ter ampliado ainda mais, mas perdeu muitos gols. O Guarany foi com tudo, depois do quarto gol tricolor, marcou o segundo e ainda deu um calor no finalzinho para a defesa da Raposa. O terceiro gol caucaiense aconteceu aos 13 minutos da etapa final Num belo contra-golpe tricolor, a bola foi cruzada rasteira e Carlos Alberto mandou para as redes do bugre, ampliando o placar. Três minutos depois Diego Silva pegou uma bola espanada na área e mandou forte no canto do goleiro de Sobral, 4 a 1. O Guarany diminuiu somente aos 43 quando Marciel aproveitou outro vacilo da defesa tricolor e marcou o segundo do Guarany, num cruzamento na área, 4 a 2 .




FICHA TÉCNICA
Caucaia EC 4x2 Guarany SC
Campeonato Cearense,Série B, 2018
2ª rodada, Hexagonal, 2ª fase
Data: 20/05/2018; 16h
Local: Estádio Raimundo Oliveira, Caucaia-CE
Àrbitro: Cleuton Lima;
Assistentes: Arnaldo Souza e Anderson Rodrigues
Cartões amarelos: Diego Silva (Caucaia) Danrley, Alex, Patuta, Miltao (Guarany)
Gols: Canga aos 10´1T, Carlos Alberto aos 29´/1T, 13´2T, Diego Silva aos 16´2T (Caucaia); Danrley,Marciel aos 43´2T (Guarany)
Caucaia EC
Dionathan; Ceará, Ciro Sena, Edivan e Rafinha;  Lincoln, Diego Silva, Rafinha Paulista (Moisés Rato) e Paulinho P10, Carlos Alberto e Canga.
Técnico: Roberto Carlos.
Guarany SC
David; Eduardo, Claudio Caça-Rato. Miltão e Danrley;  Zé Augusto (China), Marco Antonio Gasolina (Marciel), Patuta e Marielson; Italo e Alan (Indio).
Técnico: Filinto Holanda

Continue lendo >>

18 de mai de 2018

Série B - Leão vence fora de casa e assume ponta da tabela- Confira os melhores momentos

Fora de casa sem Osvaldo o Fortaleza não perdeu o ritmo, na noite desta sexta feira 18, o Leão do Pici foi até Florianópolis capital de Santa Catarina e o tricolor cearense não tomou conhecimento do adversário, no caso o Figueirense, 3x1 Leão no Orlando Scarpelli.

Bem que o Figueira saiu na frente, mas com muita tranquilidade o time do Rogerio Ceni foi encorpando e ganhando espaço sobre o adversário. Bruno Melo empatou, Edinho virou e com tranquilidade, o time cearense voltou para a segunda etapa, com o placar favorável as cores da equipe cearense e aos pouco na crescente atuação, pra variar em uma bobeira do goleiro catarinense Gustagol fecha o placar, Leão 3x1 Figueira.

Com mais esta vitória o Fortaleza segue fazendo grande campanha na Série B do Campeonato Brasileiro e retomou, ao menos temporariamente, a liderança ao bater o Figueirense por 3 a 1, em pleno Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela sexta rodada.

O time da casa, com nove pontos, é o sétimo colocado, enquanto a equipe de Rogério Ceni chega aos 16 pontos, com três a mais do que o segundo colocado Vila Nova, que ainda joga com o Oeste, no sábado, em Barueri.

O JOGO

O Fortaleza começou mais perigoso e chegou a criar duas boas chances nos primeiros lances, mas a resposta do Figueirense foi fatal. Aos sete minutos, no primeiro ataque do time da casa, Diego Renan cruzou, a zaga não conseguiu afastar e Gustavo Ferrareis teve espaço para pegar a sobra, dominar com calma e bater para o fundo do gol deslocando o goleiro.
O gol não abalou o Fortaleza, que seguiu criando e, apenas três minutos mais tarde, empatou a partida. Após cobrança de escanteio pela esquerda, a bola sobrou para Bruno Melo finalizar na saída de Denis.

Aos 17, o time visitante ainda virou. Edinho arriscou de longe e Denis demorou a pular e não conseguiu chegar na bola que entrou no canto direito.

LEÃO VENCE MAIS UMA
Na segunda etapa, o Figueirense adotou postura mais ofensiva e passou a pressionar em busca do empate, mas acabou sofrendo novamente no contra-ataque.

Aos 26 minutos, Leonan cruzou para Dodô. O goleiro Denis defendeu, mas Gustavo pegou o rebote e só tocou para o fundo do gol vazio, sacramentando a vitória.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, nas partidas que abrem a sétima rodada da Série B. O Fortaleza recebe o Criciúma no Castelão, em Fortaleza, enquanto o Figueirense vai ao Re Pelé, em Maceió, enfrentar o CSA.


FICHA TÉCNICA

Figueeirens-SC 1 x  3     Fortaleza-CE     
Fase Única
6ª rodada
Data: 18/05/2018
Horário: 21h30
Local
Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro
Dyorgines Jose Padovani de Andrade - ES
Assistentes
Fabiano da Silva Ramires - ES e Vanderson Antonio Zanotti - ES
Gols
Figueirense-SC: Gustavo Ferrareis 7' 1T
Fortaleza-CE: Bruno Melo 10' 1T, Edinho 17' 1T, Gustavo 26' 2T
Figueirense-SC
Denis;Diego Renan, Nogueira, Eduardo Bauermann e Guilherme Lazaroni;Pereira, Matheus Sales (Henan) e Gustavo Ferrareis (Juninho); Jorge Henrique, André Luis e Maikon Leite.
Técnico: Milton Cruz
Fortaleza-CE
Marcelo Boeck;Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo;Jean Patrick, Derley (Felipe), Marlon(Leonan), Dodô e Edinho; Gustavo (Wilson).
Técnico: Rogério Ceni

Continue lendo >>

  ©deberlima.blogspot.com - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Samuel Pinheiro | Topo