Tecnologia do Blogger.
REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS – RONALDO DÉBER- (085) 8721 2442

17 de jun de 2017

Série B- Inexplicável Ceará tropeça novamente e Givanildo pega o beco- Confira os melhores momentos

Globo esporte CE
Enquanto na arquibancada a torcida alvinegra esperava uma recuperação da sua equipe, em campo o Ceará voltou a tropeçar dentro da Arena Castelão ao empatar por 1 a 1 com o Luverdense, na noite desta sexta-feira 16, em partida valida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com 11 pontos, os cearenses dormem em oitavo lugar, enquanto o time do Mato Grosso chega aos oito pontos, em seu quinto empate, e não sai da zona de rebaixamento, ficando em 17.º lugar.
O resultado foi justo, mas péssimo para o Ceará, que na terça-feira passada já havia sido derrotado por 3 a 1 para Santa Cruz. O Luverdense, em recuperação, vinha de sua primeira goleada e com estilo: 4 a 0 em cima do Brasil de Pelotas. Ambos precisam melhorar para buscar algo mais na competição.
O JOGO
O Ceará abriu o placar logo no começo do jogo, em um lance de sorte. Após levantamento para a grande área, o experiente Magno Alves tentou ajeitar de peito, mas deu sorte. A bola tocou na canela de Moacir e sobrou na pequena área para Rafael Carioca apenas completar para as redes. Isso aos 13 minutos.
Inexplicavelmente, o time da casa não se expôs. Esperava pela saída do visitante do campo defensivo, o que não aconteceu. Tanto que nenhum time teve outra chance real de gol até o fim do primeiro tempo.

MUITO ESPAÇO
Na etapa final, o Ceará voltou com o mesmo padrão de jogo dos minutos finais da primeira etapa, recuado na defensiva. Deu muito espaço para o Luverdense, que soube aproveitar. Mesmo porque o técnico Junior Rocha deixou o time do Mato Grosso mais agressivo com as entradas de Marcos Aurélio, Rafael Ratão e Léo Cereja o time mato-grossense cresceu.
Com mais volume de jogo, o Luverdense chegou, com méritos, ao empate aos 30 minutos. Léo Cereja ajeitou a bola dentro da área, ajeitou com categoria e bateu cruzado sem chances de defesa para Éverson. Tudo igual e vaias nas arquibancadas. Sem fôlego, o Ceará não reagiu e terminou o jogo ainda ameaçado de ser derrotado dentro de casa.
ALEM DA QUEDA COICE
Após o empate com o Luverdense, o técnico Givanildo Oliveira foi demitido pela diretoria alvinegra. O 'agitado' Lisca ou o regular Chamusca, do Paysandu, são os dois principais nomes na pauta do Ceará, para substituir Givanildo,  alem destes dois Marquinhos Santos e Antônio Carlos Zago também fazem parte da lista.
VOLTA A CAMPO
Na manhã desse sábado, 17/06, o elenco alvinegro se reapresentou em Porangabuçu. Sob o comando do auxiliar técnico Daniel Azambuja, os atletas que não atuaram durante toda a última partida participaram de treino técnico em campo reduzido, no Estádio Vovozão. Os jogadores que foram titulares na última rodada foram submetidos treino regenerativo.
O grupo volta aos treinos nesse domingo, 18/06, às 9 horas, e já segue viagem para Goiânia na madrugada da segunda-feira, 19/06.
JOGOS NA TERÇA-FEIRA
O grupo volta aos treinos nesse domingo, 18/06, às 9 horas, e já segue viagem para Goiânia na madrugada da segunda-feira, 19/06.
Na próxima terça-feira à noite acontece à nona rodada completa, com dez jogos. O Ceará, após dois jogos em casa, encara o Vila Nova, em Goiânia, às 21h30. Mais cedo, às 20h30, o Luverdense volta a atuar fora de seus domínios, desta vez diante do Figueirense.


FICHA TÉCNICA
Ceará-CE 1          x      1     Luverdense-MT              
8ª rodada
Data: 16/06/2017
Horário: 20h30
Local: Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Thiago Duarte Peixoto - SP
Assistentes
Rogerio Pablos Zanardo - SP e Herman Brumel Vani – SP
Renda
R$ 22.981,00
Público
3457 pagantes (4002 total)
Cartões Amarelos
Luverdense-MT: Paulinho
Gols
Ceará-CE: Rafael Carioca 13' 1T
Luverdense-MT: Léo Cereja 30' 2T
Ceará-CE
Éverson;
Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Romário;
Richardson, Jackson Caucaia (Pio), Pedro Ken e Rafael Carioca (Alex Amado);
Roberto e Magno Alves (Arthur).
Técnico: Givanildo Oliveira
Luverdense-MT
Diogo Silva;
Aderlan, William, Pablo e Paulinho;
Ricardo, Moacir, Erik (Léo Cereja) e Cléo Silva (Marcos Aurélio);
Rafael Silva e Macena (Rafael Ratão).

Técnico: Júnior Rocha 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

  ©deberlima.blogspot.com - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Samuel Pinheiro | Topo