Tecnologia do Blogger.
REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS – RONALDO DÉBER- (085) 8721 2442

12 de jul de 2017

Série B: Jogador do Inter é acusado de racismo


ELTON x VITOR CUESTA

No segundo tempo, o atacante Elton, do Ceará, e o zagueiro Victor Cuesta, do Internacional, se estranharam e precisaram ser contidos pelos companheiros. Após o jogo, o jogador do Vozão acusou o argentino de ter o chamado de "macaco".
 “Ele me chamou duas vezes de macaco e eu acabei ficando muito nervoso. Daí fui para cima dele. Até o Danilo Fernandes (goleiro do Inter) veio me segurar porque eu estava mesmo nervoso”, desabafou o atacante cearense.
Dentro de campo, as reclamações para o árbitro paulista Leandro Bízzio Marinho custaram punição ao jogador. Ele recebeu o cartão amarelo, junto com o zagueiro argentino, que acabou sendo cercado por outros jogadores do Ceará.
Após o desabafo, nos vestiários, Elton ainda demonstrava estar emocionalmente abalado e esperava por uma ação mais efetiva por parte da diretoria do Ceará. Victor Cuesta foi preservado pelos gaúchos e não se manifestou à respeito da acusação.
Após a acusação de Elton, o vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, deu entrevista coletiva e afirmou que o zagueiro argentino negou que tenha cometido o ato de racismo.

Série B: Elton, do Ceará, acusa Victor Cuesta, do Internacional, de racismo

"A gente conversou com o Cuesta e ele disse que não falou nada neste sentido. Os dois discutiram. O Cuesta tem uma carreira longa e nunca teve alguma questão envolvendo esse tipo de coisa. O que o nosso jogador nos passou é que não falou. Eles discutiram. Mas, o termo que está sendo colocado, ele disse que não usou", afirmou.
Também em entrevista coletiva após o duelo, o técnico do time gaúcho, Guto Ferreira, disse crer que seu atleta não cometeria esse tipo de atitude, tendo em vista o comportamento que o zagueiro vem mostrando sob o seu comando.

"Estou há 40 dias no Inter e o Cuesta é um jogador com postura exemplar, tanto em questão de treinamento, assim como de conduta. Eu prefiro acreditar no Cuesta. É uma coisa grave sim, mas acho que não houve nada", apostou o treinador.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

  ©deberlima.blogspot.com - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Samuel Pinheiro | Topo