Tecnologia do Blogger.
REPORTAGENS FOTOGRÁFICAS – RONALDO DÉBER- (085) 8721 2442

16 de jan de 2017

Cearense 2017- Dois empates na rodada inclusive o "Clássico das cores" - Confira os melhores momentos

Aconteceu na tarde deste domingo 15, na Arena Castelão, o primeiro “clássico” do futebol cearense no certame estadual de 2017. Ferroviário e Fortaleza voltaram a se encontrar depois de um hiato de dois anos, em que o “tubarão” esteve na série B.
 Pouca gente foi prestigiar o “Clássico das cores” porem, à pequena mais barulhenta torcida coral se fez presente e saiu feliz da Arena Castelão.
Com apenas quinze dias de pré-temporada, um tanto quanto improvisado ainda, o “Ferrão” foi muito bem diante de um Fortaleza que já se preparava para a estreia a mais de trinta dias.
O empate em dois gols chegou para o Ferroviário com sabor de vitória, enquanto que para o Fortaleza, que foi vaiado por sua torcida este empate infelizmente foi sentido como um resultado negativo, (já comentávamos isso na nossa transmissão durante o jogo prevendo o resultado), aspecto reprovado pelo técnico Tricolor Hemerson Maria nas entrevistas pós-jogo.

Sob o olhar de expectativa das duas torcidas, o “clássico das cores” começou com as duas equipes se estudando, aparentemente com mais entrosamento, o Fortaleza tinha maior posse de bola, o que dava uma falsa impressão de domínio do jogo.
O Ferroviário cauteloso, só saia nos contra ataques, utilizando a velocidade de Maxuel e Valdeci, aproveitando a forma como a zaga tricolor de aço jogava, em linha, e foi assim que pelo menos por duas vezes o time coral chegou com perigo ao gol de Marcelo Boeck porem, sem muito perigo.
Na primeira etapa o goleiro Mauro do Ferroviário na verdade até os trinta minutos de jogo havia feito apenas uma defesa, em uma cobrança de falta de Rodrigo Andrade. Então aconteceu o lance do penal a favor do Ferrão aos 31 minutos. Maxuel foi para a cobrança e marcou o primeiro gol do jogo, o primeiro gol
coral nesta sua nova fase de volta a serie A cearense. A galera coral foi à loucura, “Ferrão” 1x0 sobre o Fortaleza o campeão estadual do ano anterior.
O time do Leão sentiu o gol e o “tubarão” cresceu porem, em uma jogada de muita fibra do
zagueiro Heitor que serviu Gabriel Pereira na entrada da área coral, o atacante tricolor acertou um belo chute no ângulo direito de Mauro, sem chances para o goleiro coral, o jogo estava empatado e assim terminou o primeiro tempo.
De volta para a segunda etapa, as equipe voltaram coma mesma formação que haviam terminado o primeiro tempo. Mais uma vez o utilizando-se da velocidade de seus atacantes o Ferroviário quase amplia no primeiro minuto com Maxuel, depois do susto, o Fortaleza voltou a tocar a bola porem, sem a objetividade exigida
pela sua galera que apupava o time que não conseguia dobrar o agora já consciente time coral, que satisfeito com o 1x1, administrava o seu “oxigênio” evitando o cansaço físico.
Então o técnico coral Marcelo Vilar faz duas mudanças para melhorar as condições física de
sua equipe, tira os já exaustos Mimi e Valdeci e coloca em campo bom volante Glauber e o jovem atacante Adailton, o Ferrão equilibra o jogo.   

Em um lance fortuito o lateral esquerdo do
Fortaleza Alan Vieira que havia substituído Cassio Ortega ainda na primeira etapa, cruza a bola que passa por toda extensão da área do Ferroviário ninguém corta, a zaga coral falha, Jeferson que vinha fechando pela direita dominou e acertou uma bomba no ângulo
esquerdo e Mauro, o “leão” vira o jogo aos 13 minutos do segundo tempo. Apesar da superioridade no placar, o Fortaleza não se encontra no jogo, não busca a ampliação do mesmo e o Ferrão não se abala, logo aos 25 minutos em uma nova bobeira da zaga tricolor, Maxuel empata. Para o tubarão era a gloria, para o Leão o calvário. A torcida tricolor vaia e
começa a deixar a arena Castelão insatisfeita com a performance de seu clube. Dois a dois no placar o ritmo do jogo cai e sem emoções dignas de registro segue até o apito final do arbitro Léo Simão.

No segundo jogo do dia , no Estadio Perilo Teixeira em Itapipoca o time local eo Maranguape empataram em 1x1. 

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIO 2x2 FORTALEZA
Local – Arena Castelão /Fortaleza
Data: 15/01/2017 Horário 16h00

Arbitragem
Leo Simão
Aux1- Armando Lopes
Aux2- Batista Chaves
4ºArbitro-Alexandre Peixoto

Gols: Maxuel 31/1T e 25/2T (FERROVIARIO) Gabriel Pereira 43/1T e Jeferson 13/2T(FORTALEZA)

FERROVIÁRIO – Mauro, Gustavo, Erandir, Túlio e Jeanderson: Jonathan, Vitor, Mimi (Glauber) e Raul (Carlos Alberto): Maxuel e Valdeci (Adilson).
Técnico: Marcelo Vilar

FORTALEZA- Marcelo Boeck, Felipe, Heitor, Ligger, Gastón; Anderson Uchôa, Jefferson (Vacaria), Rodrigo Andrade; Cássio Ortega (Alan Vieira), Juninho Potiguar e Gabriel Pereira (Maranhão).
Técnico: Hemerson Maria


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

  ©deberlima.blogspot.com - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Samuel Pinheiro | Topo